domingo, 29 de maio de 2016

LIBERDADE DE AMAR

Por Emily Santos

Há muito tempo os LGBTs são feridos, oprimidos e até mortos pela sociedade homofóbica e opressora que vivemos hoje. A cada 10 gays, 9 são mortos todos os dias. Não é isso que queremos !
A União da Juventude socialista está abrindo cada vez mais espaços para os LGBTs e empoderando as meninas e meninos que não se encaixam nos padrões tradicionais. Queremos igualdade, visibilidade, queremos andar na rua sem sofrer nenhum preconceito, queremos que o mais importante seja o amor!
Queremos inaugurar um novo ciclo em Petrópolis! Queremos mostrar para todos que somos fortes, somos grandes! Mostrar que podemos sim desconstruir essa sociedade homofóbica e viver em um mundo democrático e igualitário, onde todos possam ter espaço e voz.
Que gay nunca ouviu "piadas" na rua? "Bichinha", "Tem que virar homem" Que lésbica nunca ouviu "piadas" como: "Não experimentou um homem de verdade" Isso é só uma fase!" Desde de palavras opressoras até atos violentos. Temos que lutar essa opressão que fere e mata todo dia! Os transexuais e travestis também såo vítimas da intolerância.
A transexualidade é mal vista pela sociedade posta, assim, como aberração. Homens querendo ser mulheres e mulheres querendo ser homens por vaidade.
Nós queremos que as trans e os trans possam ter a liberdade de ser como quiserem! Queremos que eles possam ter seus nomes escolhidos por eles e trocados em seus documentos. Queremos que o direito ao nome social seja levado a sério. Uma vida livre do preconceito é a que queremos construir.Venha para essa luta com a gente !

VEM PRA UJS CANTAR A ESPERANÇA DE UM MUNDO NOVO!

Um comentário:

G Porto disse...

massa!

Utilizadores Online